04 fevereiro 2015

Sentimentos embolados

04 fevereiro 2015

É chegou dia três de fevereiro,meu primeiro dia de aula,quase não dormi direito,pensando em que sala iria ficar.
Foi legal descobri que tinha ficado na mesma sala que um amigo,me senti um grande peixinho fora da água,a maioria das vezes no começo do ano é assim mesmo.
O pior é quer minha amiga ficou em sala diferente e ela já está conseguindo se enturmar,já eu?Ishii pra ser sincera não tô conseguindo.
 Minha mãe vive me falando que preciso me enturmar,que eu não posso ser assim mais,mas afinal é difícil.
Sou filha única,sempre improvisei minhas brincadeiras,as vezes eu fazia a médica e ao mesmo tempo a mamãe da bebê,porque não tinha ninguém,,quer dizer até tinha algumas amiguinhas sim,mas elas amadureceram muito rápido com dez anos já não queriam mais brincar e eu não era assim,a verdade é que brinquei de boneca até os meus treze anos e quer saber não tenho vergonha disso,não mesmo.
Posso dizer que minha infância foi boa,mas minha adolescência é difícil,muito difícil.

É  muito dificíl ser diferente,poxa vida se eu pudesse ás vezes me camuflar do mundo algumas vezes eu iria simplesmente amar,sério,eu iria amar mesmo.
 Até hoje eu me pergunto como eu tive coragem de fazer um canal no you tube,tenho muita vergonha,muita.
Mas amo esse mundo de blogs,me encontro aqui,sempre que estou triste venho pra cá,sento em frente ao meu computador,choro muito,molho o teclado,mas sinto um alívio muito grande,muito grande.
E daí posto o texto e depois seco as lágrimas e digo pra mim mesma "FIQUE FORTE SEMPRE" e encaro mais um dia como se nada houvesse acontecido.
 \Eu sou feliz,muito feliz,mas ainda estou aprendendoa ser mais forte e pra isso preciso chorar,quebrar a cara,me decpcionar,chorar de novo,errar e depois vem só coisas boas.
Continuando sobre meus primeiros dias de aula,até que foram bons,os professores são legais,a turma também é.
2015 será um ano maravilhoso,tenho fé,prometo que cada experiência boa ou ruim que eu passar,eu vou escrever aqui,alguns textos serão digitados com um imenso sorriso no rosto,outro com algumas lágrimas,mas todos vão me ajudar a me fortalecer e ir mais longe.

6 comentários:

  1. Adorei o texto e me encontrei muito nele, quando fazia escola era bem assim tmb :/

    Visite-me em https://vidagourmetblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o texto, gostei muito:)
    Beijo http://umdiaqq.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi fofa! Seu texto me descreveu muito, porque, nossa! Eu sou desse jeito, praticamente com tudo, tem horas que eu estou chorando de morrer por dentro mas tenho que dar um sorriso de velório por fora para evitar que me perguntem "O que você tem?" e eu acabar chorando rios e rios na frente da pessoa... Mas enfim, me identifiquei muito com seu texto, tá de parabéns! Espero ver mais desses <3

    Adolescência Nerd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda,estou muito feliz que tenha gostado viu.
      Um grande beijo!

      Excluir

(♥) Seja bem vinda(o)
(♥) Me conta o que achou do post!Ah e qualquer dúvida pode perguntar também.
(♥) Volte sempre!