20 julho 2014

A realidade do Ensino Médio

20 julho 2014


Quando entrei na quinta série,foi mega assustador,eu só tinha 11 anos,ainda era pequena,e quando entrei no colégio achava que tinha muitas pessoas mais maduras que eu,me assustei logo de cara.Era bem chato ir todos os dias a fila e me lembrar do tombo que eu tomei no meio do corredor,porque uma pessoa fez questão de me fazer essa brincadeira de mal gosto.
 Tá,eu ainda era positiva e acreditava que era apenas questão de me adaptar ao novo,mas que disse que me adaptei,cada série era mais dificil ser positiva,não porque minhas notas eram ruins,elas eram até razoáveis,mas sim porque eu não consiguia entender a atitude de certas pessoas comigo.
 Cheguei na oitava série,confiante que o primeiro ano do Ensino Médio iria ser diferente,por ser no turno da manhã e por ter mais estudantes maduros.
 E quando cheguei no primeiro ano,tive uma tremenda decepção,o ensino médio não era nada do que eu imaginei.
 Na sala os meninos de 15 e 16 anos ainda jogavam bolinhas uns nos outros,e como eu parecia um ímã de papel,a maioria acabava acertando em mim,me acustumei com essa brincadeira boba,pensei que não teria aquelas divisões,um grupo popular,um grupo de nerds,um grupo dos que amavam zuar com os outros e o grupo dos antissociais,preciso dizer em que grupo eu ficava?rsrsrsrs quem me conhece mesmo sabe.
 Tinha certos eventos,e tinha que ter uma líder para organizar  tudo,e tinhamos que fazer tudo que ela quissese,se não,não ganhavámos  pontos,e acabei ficando na pior parte desse eventinho chato,tem algumas pessoas que tem o dom em te menosprezar e te fazer sentir como um lixo,eu tinha perdido toda minha positividade ali naquela droga de primeiro ano.
 Por um lado era bom ficar conversando com a bibliotecária na hora do recreio.Ai veio uma daquelas paixonites agudas sabe que tipo no final tornou uma grande desilusão amorosa desgastante.
 É eu estava totalmente decepcionada com o ensino médio,fui acertada por muitas bolinhas de papel,as populares ainda insistiam em menosprezar os outros só porque se sentiam superiores,a educação fisica continuava chata,eu continuava sem fazer amizades,tinha garotos que só diziam te amar pra fazer hora com você e sua familia.Mas no final de tudo descobri que eu era bem madura e que tudo isso aconteceu para me tornar mais forte e me tornou mais forte sim.
 E agora estou com 16 anos e sobrevivendo as maluquices do segundo ano do ensino médio,que podemos dizer que tá sendo só um pouquinho menos chato que o primeiro.
 Amadureci mais,sou a mestre em desprezar que me critica e me magooa,fiz amizades,passo o recreio num lugar onde tenho que levantar todo instante para o portão abrir,isso tudo que eu disse são as melhores coisas que descobri até agora,as piores sempre tem,mas já tenho uma certa experiênca,então espero que eu sobreviva até o terceiro e é essa a realidade do meu Ensino Médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(♥) Seja bem vinda(o)
(♥) Me conta o que achou do post!Ah e qualquer dúvida pode perguntar também.
(♥) Volte sempre!